segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

VIRGENS À DERIVA montada em Portugal

Virgens além-mar.
As fotos de "Virgens à Deriva" em Portugal são belas. Pena que não informaram o nome do elenco e de quem dirigiu a montagem a partir do texto do cartunista Ruy Jobim Neto. Mas o Grupo de Teatro de Amadores de Porto de Mós (distrito de Leiria, na região central de Portugal, a Norte de Lisboa) levou a comédia ao palco do Cine Teatro de Porto de Mós no dia 3 de dezembro último, às 21h30.


Porto de Mós (região central de Portugal)

no mapa, onde fica Porto de Mós


Segundo o Trupêgo (como se autodenomina o grupo), "O espectáculo correu com toda a naturalidade, e as pessoas que acorreram à sala, (não eram muitas), sairam agradadas, pois foi audivel por toda a sala bastantes gargalhadas." Na ocasião, "Virgens" foi apresentada conjuntamente com outro espetáculo local.

O mesmo espetáculo se apresentou também no dia 7 de dezembro na 3a. Meia Maratona de Teatro de Ourém (cidade igualmente da região central de Portugal), a convite do Grupo de Teatro Apollo de Pêras Ruivas.

A sinopse:

Numa terça-feira, à tarde, em 1567, uma caravela vai para o fundo das águas em pleno Atlântico, diante da costa brasileira. Assim, marinheiros e freiras, canhões e mantimentos, tudo vai para o fundo do mar, exceção feita a três jovens portuguesinhas, completamente virgens, que se salvam graças a um pequeno bote. Agora elas têm um continente inteiro à frente para sair dessa condição.

A seguir, fotos da montagem portuguesa de "Virgens à Deriva".

Na composição do elenco de Porto de Mós estão (da proa para a popa do barquinho): Estela Ribeiro (Maria Teresa) – Inês Lourenço (Eusébia) e – Daniel Pereira (Amália). A encenação esteve a cargo de António Almeida, os figurinos por Estela Ribeiro e Inês Lourenço, a Cenografia e iluminotécnica por António Almeida. Musica: "Las Piernas" e"Its Raining men"

a atriz Estela Ribeiro





"Virgens à Deriva" foi apresentada pela primeira vez em 24 de março de 2007, sob direção do autor, no Espaço dos Parlapatões, em São Paulo, tendo no elenco as atrizes Vanessa Morelli (que colaborou na direção), Débora Aoni e Fernanda Sophia. A música original, tocada ao vivo pelo compositor, é de autoria de Gerson Grünblatt, com figurinos de Katia Niman.

"Lembrai-vos!"

Free counter and web stats

11 comentários:

fen disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Meu amigo Ruy,
Que notícia deliciosa! Parabéns e que esse sucesso continue se estendendo por toda parte! Abraços
Adélia Carvalho

Ruy Jobim Neto disse...

Obrigado, Adelia querida!
beijão!

JAL disse...

Esse barquinho está chegando longe!
Que os bons ventos continuem a carregá-lo por mares nunca dantes navegados...

Abraços
JAL

Ruy Jobim Neto disse...

hehe, com certeza, Grande JAL!
abração, obrigado.

Débora Aoni disse...

Que máximo! E este barquinho é chique demais, hihihi!
bj.

Ruy Jobim Neto disse...

viu que linhagem linda essa das virgens, Débora? hehehe
beijoka

Cris disse...

Sempre em rumo de novas descobertas...esse é meu eterno amigo Ruy.
Você sabe como lhe desejo todo o sucesso do mundo!!
beijinhos felizes por vocês.
Cris Merlo

Ruy Jobim Neto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vanessa Morelli disse...

Adorei este barquinho, a vestimenta das donzelas e a iluminação. Uma pena que não podemos usufruir das interpretações dessas belas atrizes. Um beijo enorme, querido Ruyzito.

Ruy Jobim Neto disse...

o mais engraçado, Morellita, é que a "terceira virgem", na verdade me parece ser um varão! olha bem, que gozado! heheh